Jornalista de TV russa se demite no ar após ações de Putin

Liz Wahl afirmou que não pode participar de um canal fundado pelo governo russo, o qual ela possui divergências em relação à crise na Ucrânia

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

undefined

Uma jornalista americana do canal de TV russo 'Russia Today' se demitiu da emissora no ar após discordar das ações do governo do país na Ucrânia. Segundo Liz Wahl, que possui parentesco com húngaros e ucranianos, o grupo de comunicação tem fortes laços com o presidente da Rússia, Vladimir Putin, e, por isso, não poderia mais 'aceitar quieta' a relação. 

"Não posso participar de um canal fundado pelo governo russo e que encobre as ações de Putin" disse a jornalista. "Tenho orgulho de ser americana e acredito em disseminar a verdade. É por isso que depois deste programa vou pedir demissão".

Wahl aproveitou para citar outra jornalista da rede que, como ela, discorda das ações do governo russo. "Como Abby Martin, enfrento dilemas éticos e morais. Meus avós vieram para cá como refugiados durante a revolução húngara, ironicamente para escapar das forças soviéticas", disse.

Em comunicado, a rede 'Russia Today' afirmou que a ação da jornalista foi feita para 'chamar a atenção', já que 'nada mais é do que uma estratégia de autopromoção'.

"Quando um jornalista discorda da posição editorial de sua organização, o caminho usual é levar essas queixas ao editor e, se elas não puderem ser solucionadas, pedir demissão como um profissional. Mas quando alguém transforma uma decisão pessoal em um grande show público, nada mais é do que uma estratégia de autopromoção", mostra o comunicado.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave