Mulher briga com ex-companheiro, surta e esfaqueia filha de 7 meses

Suspeita, que, segundo a polícia, faz uso de remédios controlados, atingiu a menina três vezes; vítima teve parte do intestino exposto

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

Uma menina de apenas 7 meses está internada em estado grave após ser esfaqueada pela própria mãe, na madrugada desta quinta-feira (6), em Lavras, no Sul de Minas. A mulher, que segundo a Polícia Militar, faz uso de remédios controlados, teria surtado brigar com o ex-marido.

De acordo com a corporação, o caso aconteceu na casa da família, na rua Agripino Augusto Andrade, no bairro Serra Azul. A menina R.R.Q dormia com os avós paternos em um dos quartos quando a suspeita, Priscila Greice Quilodra, de 27 anos, foi até o cômodo e pegou a criança.

No meio da noite, a avó ouviu a neta chorar e, ao levantar, encontrou a menina ensanguentada.  O bebê foi atingido duas vezes no peito e uma na região torácica, tendo perfurações no estômago e parte do intestino exposto.

Imediatamente, a dona de casa socorreu a vítima e a levou para a Unidade Regional de Pronto Atendimento (Urpa). Mas, devido à gravidade dos ferimentos, foi encaminhada ao Hospital Vaz Monteiro.

Ao ser presa, Priscila confessou o crime e disse que se revoltou contra a criança após ter brigado, no fim da noite dessa quarta-feira (5), com o pai da garota. A mulher disse que depois do crime, a faca utilizada na tentativa de homicídio foi jogada no telhado de caso.

A suspeita foi levada para uma delegacia de Lavras e vai responder por tentativa de homicídio.  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave