Jayme critica erros do Flamengo, mas enaltece substituições

Técnico rubro-negro reclamou do excessivo número de passes errados do time, mas ponderou que correções vieram após o intervalo

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Jayme destacou que o Flamengo mostrou ser um forte candidato ao título por ter suportado a pressão na casa do Furacão
Flamengo/Divulgação
Jayme destacou que o Flamengo mostrou ser um forte candidato ao título por ter suportado a pressão na casa do Furacão

Embora o Flamengo tenha vencido o Bonsucesso por 2 a 0, na noite desta quarta-feira, em Volta Redonda, e se mantido na liderança disparada do Campeonato Carioca, agora com 31 pontos ganhos, o técnico Jayme de Oliveira não deixou de apontar as deficiências apresentadas pela equipe rubro-negra. O treinador, porém, comemorou o fato de que as substituições promovidas por ele surtiram o efeito desejado.

"No primeiro tempo erramos uma quantidade excessiva de passes e sofremos um pouco pelo lado direito da nossa defesa. Conseguimos conversar no intervalo, ajustar e melhoramos no segundo tempo, principalmente com as entradas do Nixon e do Negueba (nos respectivos lugares de Everton e Gabriel). Isso foi muito bom para o time", destacou o comandante.

Os gols da vitória flamenguista foram marcados por Alecsandro e Nixon, já na segunda metade da etapa final, e Jayme de Almeida admitiu que o time poderia ter "forçado mais o ritmo" no confronto. Entretanto, ele enalteceu: "No geral fomos bem e vamos em busca do título".

Um dos destaques da vitória flamenguista, o zagueiro Samir foi outro que deixou o campo satisfeito nesta quarta-feira. "A gente tem que matar um leão a cada jogo. Esse é meu trabalho, meu sustento. Entrei focado no jogo e tenho que dar meu melhor. Se eu der mole, outros companheiros podem ocupar meu lugar, e isso eu não quero. Estou trabalhando firme e com humildade para continuar a ajudar o Flamengo. Fico grato à torcida pelo carinho que tem por mim. Enquanto tiver saúde, vou honrar esse manto com carinho e raça", enfatizou.

Cinco pontos à frente do vice-líder Fluminense, o Flamengo voltará a campo pelo Campeonato Carioca no domingo, quando travará clássico com o Botafogo, às 18h30, no Maracanã, pela 13ª rodada da competição.

Leia tudo sobre: flamengojaymetecnicocariocafutebol