Lavrador vende feijão, paga cerveja para os amigos e acaba assassinado

Homem teve o crânio esmagado por um bloco de cimento na cidade de Guaranésia; polícia não descarta latrocínio

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

A Polícia Civil investiga a morte de um homem de 53 anos em Guaranésia, no Sul do Estado. O corpo do lavrador foi encontrado nessa quarta-feira (5) em um local ermo com parte do crânio exposto. Minutos antes da morte, a vítima pagava bebidas para amigos em um bar da cidade.

De acordo com a Polícia Militar, Sebastião Alfredo de Mattos foi para o comércio, na rua Wenceslau de Almeida, no bairro Novo Horizonte, após vender uma safra de feijão nessa terça-feira (4).  Após ficar horas com os amigos, ele foi embora na companhia de três pessoas, uma delas identificada como Lindomar.

A 800 metros do bar, o corpo de Mattos foi localizado durante a madrugada. O lavrador estava sem o dinheiro da venda e os documentos. Familiares disseram que o homem era alcoólatra. Uma das linhas de investigação da polícia é de latrocínio, que é o roubo seguido de morte.

Nenhum suspeito foi localizado. 

Leia tudo sobre: guaranésialavradorroubo