Maior festa dos últimos anos coloca BH no caminho certo

Foliões e organizadores dos blocos aprovam festa, mas reclamam de lixo e oferta de banheiros

iG Minas Gerais | Luiza Muzzi |

‘Baianas Ozadas’. Um dos blocos mais esperados da cidade, ele reuniu 10 mil pessoas, na segunda, na região Centro-Sul
ANDRE FOSSATI / O TEMPO
‘Baianas Ozadas’. Um dos blocos mais esperados da cidade, ele reuniu 10 mil pessoas, na segunda, na região Centro-Sul

O Carnaval de 2014 terminou deixando um gostinho de quero mais em cerca de 1 milhão de foliões, entre turistas e moradores, que participaram da festa em Belo Horizonte. Quem optou por ficar na cidade aprovou a folia, mas aponta ainda falhas para serem corrigidas. Entre as queixas, a falta de lixeiras e de banheiros. O presidente da Empresa Municipal de Turismo de Belo Horizonte (Belotur), Mauro Werkema, reconhece que a cidade ainda está em processo de aprendizagem, mas fala em saldo positivo, principalmente porque nenhuma ocorrência grave foi registrada nos cinco dias de festa.  

O balanço da Belotur deve ser divulgado até o fim da semana. Enquanto isso, foliões já pedem estrutura maior para o ano que vem. “Gostei muito do palco da Savassi, com atrações bacanas. Mas era sujeira para todo lado. Além do cheiro ruim dos banheiros, a gente procurava lixeira e não achava”, disse a bacharel em direito Larissa Caldeira, 26.

Entre os organizadores de blocos de rua, o sentimento é parecido. “Achei o Carnaval muito bom, mas a limpeza poderia melhorar”, avaliou o músico Gustavo Amaral, puxador de ritmos em vários blocos, entre eles o “Então Brilha!”, que desfilou na manhã de sábado.

O problema da limpeza também foi constatado pela reportagem de O TEMPO na concentração do “Bloco do Peixoto”, que percorreu as ruas do bairro Funcionários, na região Centro-Sul, na terça-feira. No local, diversos foliões foram vistos se deslocando até as lixeiras de rua, mas, ao encontrarem-nas lotadas, acabavam depositando seu lixo no chão.

Prefeitura. Na noite de terça-feira, o prefeito Marcio Lacerda destacou os esforços do Executivo para melhorar a infraestrutura para os foliões, mas disse que ainda é possível melhorar.

1 milhão foi o número de foliões no Carnaval de BH

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave