Presidentes acumulam faltas

iG Minas Gerais | Da redação |

Ausente. Sérgio Brito vai presidir comissão da qual era integrante, mas faltou em 81% das reuniões
Lúcio Bernardo Jr
Ausente. Sérgio Brito vai presidir comissão da qual era integrante, mas faltou em 81% das reuniões

A Câmara dos Deputados divulgou os novos presidentes das comissões permanentes da Casa e, dos 22 nomes, oito já foram titulares nos colegiados que irão presidir e 14 são novatos nos postos que vão ocupar, mas a assiduidade varia bastante.  

Sérgio Brito (PDT-BA) vai comandar a Comissão de Defesa do Consumidor, colegiado do qual fez parte, mas faltou em 81% das sessões. Os dados são do portal Transparência Brasil.

Do lado oposto, Vicente Cândido (PT-SP) só não compareceu a 18% das reuniões da Comissão de Constituição e Justiça, que vai presidir neste ano.

A pesquisa revela ainda que o novo titular da Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público, Luiz Fernando Faria (PP-MG), faltou a 70% das sessões do colegiado.

Já Glauber Braga (PSB-RJ) não foi a 49% das reuniões da Comissão de Educação, da qual agora é presidente. Em relação aos outros cinco, a taxa de ausência variou de 28% a 39%.

Ranking. Ainda de acordo com o Transparência Brasil, a média de falta em comissões dos 22 parlamentares que assumiram os colegiados foi de 37,5%, um pouco abaixo da média geral da Casa, que foi de 41,3%.

Dentre todos os 22 presidentes, o que mais deixou de comparecer às sessões foi o deputado Zequinha Marinho (PSC-PA). Ele irá presidir a Comissão de Legislação Participativa, da qual não fez parte. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave