Novo desafio para Aaron Paul

Após o sucesso como Jesse na série “Breaking Bad”, ator estreia como protagonista na telona em “Need For Speed”

iG Minas Gerais |

Velocidade.Aaron agora vai pisar fundo como Tobey Marshall no longa baseado no jogo
buena vista
Velocidade.Aaron agora vai pisar fundo como Tobey Marshall no longa baseado no jogo

Los Angeles, EUA. Aaron Paul foi visto pela última vez dirigindo em alta velocidade, no papel do viciado e traficante Jesse Pinkman, um dos principais personagens de “Breaking Bad”, um dos maiores sucessos da TV norte-americana dos últimos tempos.

E é dirigindo em alta velocidade que Paul estreia como protagonista no cinema, em “Need For Speed”, adaptação do jogo que já vendeu cerca de 150 milhões de unidades em todo o planeta. “Acho que fiz isso para manter o sonho de estar em ‘Breaking Bad’ por mais tempo”, diz o ator de 34 anos, cinco deles dedicados à série, que terminou no ano passado, superando as expectativas mais otimistas dos produtores do seriado. “Foi difícil o fim”.

Depois do recorde de dez milhões de espectadores do último capítulo de “Breaking Bad”, Aaron Paul vive desafios típicos do mundo do cinema – em que o tempo para desenvolver personagens é mais curto e os roteiros arriscam menos que os da televisão. “Não mudou muito para mim, mas agora tenho mais dinheiro. No cinema, somos muito mais mimados”, brinca Paul. “Sinto o mesmo de quando comecei a fazer a série: eu não tinha muitos diálogos, não sabia se ia sobreviver à primeira temporada da produção e só estava feliz por ter trabalho”, completa.

Em “Need For Speed”, que deve estrear no próxima dia 13 nas salas norte-americanas, Paul interpreta Tobey Marshall, dono de uma oficina que é condenado a dois anos de prisão por se envolver em um acidente automobilístico que mata um de seus funcionários – na verdade, provocado por um piloto rival, interpretado pelo ator Dominic Cooper.

Após cumprir a pena, Marshall parte para a vingança num racha disputado nas estradas da Califórnia. “Eu gosto de velocidade desde que vi o Mustang 67 do meu tio, que eu achava a pessoa mais ‘cool’ do mundo”, diz Aaron Paul, que dirige nos fins de semana por Los Angeles num Shelby Cobra 65. “Mas não vou disputar racha ilegal. Se quiser sentir a adrenalina, vou para uma pista segura. Faz anos que não sou parado pela polícia”.

Se vai funcionar e virar uma nova série cinematográfica, Aaron Paul não sabe. Mas ele já garante um investimento alternativo: negocia participar de “Better Call Saul” – derivado e “Breaking Bad” que se passa anos antes da formação da dupla Walter White e Jesse. “Será divertido voltar aos dias mais felizes de Jesse Pinkman”.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave