Acusados de assassinar jornalista vão para Fundação Casa

Conforme a Polícia Civil, o crime foi premeditado, cometido com crueldade e por motivo fútil

iG Minas Gerais | Da Redação |

Corpo foi encontrado dentro do carro, abandonado em um canavial, na zona rural de Porto Feliz
Reprodução/Facebook
Corpo foi encontrado dentro do carro, abandonado em um canavial, na zona rural de Porto Feliz

A Justiça atendeu ao pedido da Polícia Civil e determinou, no início da noite desta quarta-feira (5) a internação temporária na Fundação Casa dos quatro rapazes acusados de matar por enforcamento o jornalista Celso Mazzieri, de 45 anos. O corpo do jornalista, que estava desaparecido deste a sexta-feira (28), foi encontrado num canavial, na zona rural de Porto Feliz, região de Sorocaba (SP).

De acordo com o delegado seccional de Sorocaba, Marcelo Carriel, o crime foi premeditado e cometido com crueldade e por motivo fútil. Os acusados confessaram o homicídio, mas, por serem menores de idade, devem permanecer internados por um período máximo de três anos.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave