Período é de jejum, oração e vida nova

iG Minas Gerais | Joana Suarez |

Cerca de mil fiéis foram a celebração de Dom Walmor nesta quarta
Uarlen Valério
Cerca de mil fiéis foram a celebração de Dom Walmor nesta quarta

Teve início nesta quarta, na Quarta-feira de Cinzas, o período da Quaresma, que se encerra na Páscoa. Durante 40 dias, fiéis fazem renúncias e penitência em uma repetição ao gesto de Jesus, que esteve no deserto por esse tempo e venceu as tentações.  

Por meio do jejum e da partilha, os católicos buscam uma vida nova. Na celebração desta quarta, a cinza colocada sobre a cabeça era o símbolo de arrependimento. Com essa mesma expressão, Jesus disse: “Lembra-te que és pó e ao pó hás de voltar”. As cinzas utilizadas se originam nos ramos abençoados no Domingo de Ramos do ano anterior.

SIGNIFICADO. Quando os fiéis são marcados por esse símbolo externo, manifestam nossa disposição interior em reconhecer os pecados e estar disponível para a penitência, segundo explicou a Arquidiocese de Belo Horizonte. Já o jejum na Quarta-feira de Cinzas e em outros dias da Quaresma expressa a renúncia e o domínio de si próprio e a entrega a Deus.

A Quaresma é também um período de preparação para a Páscoa – a ressurreição de Jesus Cristo –, que é considerada a maior festa da Igreja. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave