Felipão aprova testes, mas não garante convocação

Volante Fernandinho e lateral Rafinha foram observados e treinador gostou do que viu, no entanto a lista da Copa não está fechada

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Felipão e sua comissão técnica observaram novatos, mas não deram pistas sobre aproveitamento de ambos na Copa
Jefferson Bernardes/VIPCOMM
Felipão e sua comissão técnica observaram novatos, mas não deram pistas sobre aproveitamento de ambos na Copa

Luiz Felipe Scolari ficou satisfeito com o desempenho de Fernandinho e Rafinha, principais alvos de sua observação nesta quarta-feira, no amistoso com a África do Sul, mas evitou fazer previsões sobre a convocação oficial para a Copa do Mundo, no dia 7 de maio. De acordo com o treinador, "a porta não está fechada para ninguém" na seleção brasileira.

"Nunca se pode fechar 100% a lista. Alguns se lesionam, até no treinamento um ou dois dias antes da convocação, ou mesmo no dia do jogo. Nós nunca fechamos a lista. Pode aparecer um fenômeno a um ou dois meses da Copa. Não fechamos a porta para ninguém. Continuamos com nossa ideia de 95%. Mas sempre tem uma vaga", destacou Felipão.

O técnico disse que ainda não fechou a lista ao ser questionado sobre as atuações de Fernandinho e Rafinha. O volante teve maior destaque ao marcar um belo gol, no segundo tempo, depois de um desempenho mais discreto na etapa inicial. "O Fernandinho fez um golaço, mas não gostei dele apenas pelo golaço. Foi pela participação, pelos passes", disse Felipão.

Ele explicou as mudanças no posicionamento do volante, que atuou mais recuado na primeira etapa e mais avançado, na segunda. "Eu precisava vê-lo jogando como primeiro volante, como faz no Manchester City. Depois no segundo tempo queria vê-lo com o Luiz Gustavo e ele jogou razoavelmente bem nas duas funções. Está acrescentado na nossa lista de convocações, com possibilidades", desconversou o técnico.

Felipão também fez elogios ao lateral-direito Rafinha, do Bayern de Munique. "Achei interessante. Eu até estava falando para o Murtosa que o Rafinha lembra muito os laterais que tive no Grêmio. Jogou simples, normal, equilibrado, poucas falhas, participativo. É um jogador de grupo, que sabe se impor".

Rafinha disputa vaga na seleção com Maicon, como candidato a reserva de Daniel Alves. Já Fernandinho briga com Lucas Leiva e Hernanes para ser opção no meio-campo da equipe. Entre os dois, o volante tem mais chances por poder atuar mais recuado, como Luiz Gustavo, ou avançado, como Ramires ou Hernanes.

Ao fim da goleada sobre a África do Sul, por 5 a 0, Felipão evitou dar dicas sobre seus critérios. Mas reiterou que pretende chamar dois jogadores por posição. E não descartou Filipe Luis ou Maxwell para a lateral esquerda, apesar de ter improvisado Daniel Alves no lugar de Marcelo no segundo tempo.

"Eu já falei que estou satisfeito com o Maxwell e o Filipe Luís. Colocar o Daniel na esquerda hoje foi uma improvisação porque posso precisar disso em algum jogo. E gostei daquilo que vi. Vou tentar levar dois de cada posição", reforçou.