São Paulo pega Audax e vai marcar saída de bola de rival

Técnico Muricy Ramalho espera que tática dê certo contra um time que sempre prima por não dar 'chutão' para o ataque

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Muricy quer recuperar o time visando o duelo com a Universidad Católica, na quinta, pela Sul-americana
Rubens Chiri/São Paulo
Muricy quer recuperar o time visando o duelo com a Universidad Católica, na quinta, pela Sul-americana

Sem poder contar com o lateral-esquerdo Alvaro Pereira, que está na seleção uruguaia, o São Paulo recebe nesta quarta-feira o Audax, às 22 horas, no estádio do Morumbi, pela 12.ª rodada do Campeonato Paulista, tentando colocar em prática as lições do técnico Muricy Ramalho. A primeira, quase inevitável, é esquecer o clássico deste domingo contra o Corinthians. A segunda é impor uma marcação pressão no adversário, que está chamando a atenção no Paulistão pelo bom toque de bola.

Para não fornecer informações antes do tempo ao adversário, o treinador faz mistério na escalação e não confirma se Paulo Henrique Ganso voltará ao time titular após a boa atuação contra o XV de Piracicaba. No fundo, ele tem quatro jogadores para duas vagas na equipe: Ganso, Douglas, Luis Ricardo e Paulo Miranda.

“Não sei se o Ganso volta”, disse Reinaldo, em uma resposta ensaiada para evitar qualquer pista sobre a equipe. Ele vai ocupar o lugar de Alvaro Pereira e quer mostrar serviço para o comandante. “Respeito o Alvaro e as escolhas do Muricy, mas trabalho forte todos os dias para conquistar meu espaço no time titular. É mais uma oportunidade que o professor está me dando e quero aproveitar da melhor forma possível para ajudar o São Paulo. Temos de fazer uma boa partida contra o Audax para sair com vitória no Morumbi”.

Caso Paulo Henrique Ganso fique no banco de reservas, caberá ao colombiano Pabon ajudar na criação das jogadas. Ele já exerceu a função no clube e garante que pode atuar dentro da área, pelos lados do campo ou até como cérebro do time. “O Ganso é uma referência. Sabemos que a qualquer momento pode nos ajudar e deixar um companheiro na cara do gol. Não sabemos quem vai jogar mas estamos tranquilos. A equipe tem de demonstrar bom futebol com ou sem Ganso”, disse.

Leia tudo sobre: muricysao pauloaudaxpaulistao