Vasco promete ser ofensivo contra o Grêmio no Sul

Buscando evitar o rebaixamento, Cruzmaltino vê partida com o Tricolor Gaúcho como decisiva para suas pretensões

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Flickr/Vasco
Adilson Batista tentará livrar o Vasco de complicada situação no Campeonato Brasileiro
Um Vasco ofensivo em busca da vitória, minimizando o fato de jogar fora de casa. É assim que o técnico Adílson Batista quer ver seu time no jogo desta quarta-feira, diante do Grêmio, a partir das 19h30, em Porto Alegre (RS). A equipe carioca luta contra o rebaixamento e encara como decisivo o confronto com o terceiro colocado do Campeonato Brasileiro. Adílson Batista resolveu dar nova oportunidade a André no ataque. Ele fez o gol do empate por 2 a 2 com o Santos na última rodada, no Maracanã, e ganhou vaga no time. Assim, vai fazer dupla com Edmílson nesta quarta-feira, na Arena Grêmio. Sem o meia Juninho Pernambucano, que sofreu séria lesão muscular e não volta a jogar na competição, o técnico optou por Bernardo, jogador de habilidade e que estava parado há bastante tempo também por causa de problemas médicos. Nesta quarta-feira, ele vai fazer dupla no meio-de-campo com Marlone, outro atleta de características ofensivas, veloz e bom driblador. Para completar o time, o lateral-direito Nei atuará improvisado no lado esquerdo, uma vez que o titular Yotún está suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Para Adílson Batista, cada um dos cinco jogos restantes do Vasco é uma decisão e é preciso ganhar para afastar o risco de rebaixamento. O Vasco inicia a rodada na 16ª posição, com 37 pontos, e tem de vencer para ficar fora da zona de rebaixamento. Em outras circunstâncias, um empate com o Grêmio, em Porto Alegre, poderia ser interpretado como um bom resultado. Dessa vez, porém, um eventual empate vai ser um péssimo negócio para as pretensões vascaínas.

Leia tudo sobre: vascogremiojogoserie abrasileiro