Orçamento Impositivo é solução

iG Minas Gerais |

Independentemente de quais partidos são os deputados, a reclamação é unânime: os recursos são liberados de forma “injusta” e demoram a sair, o que atrapalha o desenvolvimento da atividade parlamentar. Presidente do PMDB de Minas, o deputado Saraiva Felipe diz não entender o motivo de o seu partido não ser o que mais teve emendas liberadas. “Se somos o maior partido aliado, deveríamos estar melhor contemplados. O governo deveria reconhecer os deputados que mais trabalham também para considerar como critério”, afirmou. Saraiva diz esperar que no ano que vem a liberação de emendas “deixe de ser uma novela”. “Com o Orçamento Impositivo (aprovado ontem no Congresso), esse problema vai acabar, pois as emendas terão que ser liberadas”, disse. Segundo ele, a mudança na regra da liberação dos recursos aos parlamentares vai colocar fim à barganha no Congresso. “Essa história de correlacionar a liberação das emendas a votações que dizem respeito ao governo é complicada”, completou. (IL)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave