Metalúrgicos em protesto fecham o trânsito na BR–381

iG Minas Gerais |

Nelson Batista
Manifestantes colocaram fogo na rodovia e pararam o trânsito
Metalúrgicos realizaram ontem uma manifestação pelo dia nacional de luta pelo fim do fator previdenciário, organizado pela Central dos Trabalhadores do Brasil (CTB) e centrais sindicais. No ato, eles reivindicaram o reajuste salarial da categoria, ainda indefinido em negociações com a Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg). O ato foi realizado na rodovia Fernão Dias (BR–381), pela manhã, com duração aproximada de três horas, interrompendo os dois sentidos da via entre os municípios de Contagem e Betim, próximo à Fiat Automóveis.Com a interrupção do trânsito, os trabalhadores da montadora não conseguiram chegar à empresa. Por meio da assessoria de imprensa, a Fiat disse que os sindicatos contrariaram uma ação de interdito proibitório, que impede a interdição da via de acesso à fábrica. A medida foi acatada pelo Tribunal Regional do Trabalho, da 3ª Vara do Trabalho de Betim, e previa multa de R$ 10 mil para cada hora de manifestação. A empresa também afirmou que não houve problemas ou atrasos na produção.“Entendemos que a medida judicial foi uma afronta à organização dos trabalhadores, por impedir que eles se manifestem”, diz o diretor do Sindicato dos Metalúrgicos de Betim e Região, Narciso Ramos Penido. Segundo ele, a assessoria jurídica do sindicato já havia tomado providências para recorrer da medida judicial.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave