Lucro do BB cai 0,9% no terceiro trimestre

Ganhos do banco no período foram de R$ 2,7 bilhões

iG Minas Gerais |

São Paulo. O Banco do Brasil anunciou, ontem, lucro líquido de R$ 2,704 bilhões no terceiro trimestre do ano, resultado 0,9% menor do que o registrado em igual intervalo de 2012, de R$ 2,728 bilhões. No conceito ajustado, o lucro ficou em R$ 2,610 bilhões, queda de 1,8% em um ano e de 0,9% ante o segundo trimestre. O lucro líquido ajustado está em linha com a projeção de analistas do mercado. A carteira de crédito ampliada do banco encerrou setembro em R$ 652,294 bilhões, crescimento de 22,5% ante junho e de 2,1% em 12 meses. Os destaques do período, conforme relatório do banco que acompanha suas demonstrações financeiras, foram as carteiras de crédito às empresas e ao agronegócio, que registraram avanço em 12 meses de 24,7% e 32,2%, respectivamente. O BB reduziu sua participação em crédito no sistema financeiro nacional no terceiro trimestre deste ano, com a sua fatia recuando de 20,8% em junho para 20,7% em setembro. Os empréstimos destinados à pessoa física somaram R$ 163,983 bilhões no terceiro trimestre, avanço de 14,1% em doze meses e de 1,5% sobre junho, respondendo por 25,1% da carteira de crédito do banco. Já os recursos destinados às pessoas jurídicas atingiram R$ 307,3 bilhões, com expansão de 24,7% e 2,4%, respectivamente. Esse segmento responde por 47,1% da carteira de crédito total do BB. Os ativos alcançaram R$ 1,259 trilhão ao final de setembro, cifra 14% maior do que a registrada em um ano, de R$ 1,104 trilhão, favorecido, principalmente, pela expansão da carteira de crédito. O BB encerrou o terceiro trimestre com patrimônio líquido médio de R$ 65,92 bilhões, alta de 5,3%.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave