Estações vão ter alarme e vigilância contra vandalismo

iG Minas Gerais |

A BHTrans lançou nesta semana um edital para a contratação de empresa que fará a segurança das estações do Move contra atos de vandalismo. Pelo edital, as estações terão sistema de alarme e serão monitoradas 24 horas por fiscais. Os interessados têm até o dia 25 deste mês, às 9h45, para entregar as propostas. A abertura dos envelopes dos concorrentes será no mesmo dia, às 10h. Vencerá a licitação quem apresentar o menor preço para o serviço. Após a definição da empresa, o contrato terá validade de seis meses e será interrompido quando as concessionárias do transporte público assumirem a administração do Move, o que pode ocorrer antes desse prazo-limite de seis meses. Modelo. A empresa de segurança ficará responsável por instalar e fazer a manutenção dos equipamentos. Serão colocados sensores infravermelhos que detectam movimentos e alarmes. Nas cinco estações de transferência do Move, deverão ter 24 fiscais exclusivos. A empresa deverá fornecer seis veículos para as equipes, que usarão ainda celulares e rádios comunicadores. Nas estações espalhadas pelas avenidas Antônio Carlos, Cristiano Machado, Pedro I e Vilarinho, serão distribuídos 20 fiscais, que terão de passar pelos corredores a cada 45 minutos. Em caso de invasão a alguma estação do Move, a Polícia Militar (PM) e a BHTrans deverão ser acionadas. A empresa de segurança só poderá acessar a parte interna das estações acompanhada de um agente da BHTrans. (LC) Protestos Riscos. Um grupo de vândalos ateou fogo a uma estação do Move na avenida Antônio Carlos, na capital, durante os protestos desencadeados na Copa das Confederações, em junho deste ano.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave