Livro autobiográfico sobre o feminino ganha versão teatral

iG Minas Gerais | Gustavo Rocha |

A arte sempre foi um dos caminhos mais produtivos para falar sobre a dor. A grave doença de um filho seguida por uma surdez, levaram Cristina Mendes a escrever “Cinquentei”, em 2007. O livro autobiográfico mostra o momento em que a autora começa a questionar sua postura diante da vida, com a doença da filho. “Cinquentei” ganha uma adaptação para o teatro, que estreia hoje em Belo Horizonte. A atriz Adriana Rabelo foi convidada para viver o papel. Apesar de não ter a mesma idade que Cristina, e não ter passado por experiência tão dramática, a atriz garante que conseguiu fazer a transição para dar vida a essa personagem 11 anos mais velha. “Eu fiquei hospedada na casa da Cristina por alguns dias e pude observá-la. Penso que estou retratando várias mulheres. A mulher da atualidade se desdobra entre mãe, esposa, dona de casa, irmã, companheira e ainda precisa trabalhar fora”, explica Adriana. Ao ver sua história narrada por outra pessoa, Cristina confessa: “Já tinha escrito o livro fazia tempo. Aquela história já estava distante. Semana passada, assisti a um ensaio geral com todo o material e fiquei muito emocionada. Eu vejo o meu reflexo ao olhar para a Adriana em cena”, garante Cristina Mendes. Agenda O quê. “Cinquentei” Quando. De hoje até domingo. Quarta a sábado, 21h. Domingo, às 19h Onde. Teatro do Grupo Corpo (avenida Bandeirantes, 866, Mangabeiras) Quanto. R$ 40 e R$ 20 (meia)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave