Seleção masculina treina na Turquia antes da Copa dos Campeões

Time fez pausa no país europeu antes de rumar para Japão, sede do último compromisso de 2013

iG Minas Gerais | DANIEL OTTONI |

CBV - DIVULGAÇÃO
Delegação fez parada na Turquia para diminuir cansaço da viagem até o Japão
A Copa dos Campeões será o foco das duas seleções do Brasil neste mês de novembro. Enquanto a feminina estreia nesta terça, o time masculino fez uma parada, no trajeto antes de chegar ao Japão, na Turquia, onde já realizou os primeiros treinamentos. A parada pode ajudar a diminuir o cansaço que costuma acontecer em virtude do fuso-horário. Dois jogadores do time de Bernardinho estão especialmente motivados com a convocação. Um deles é o ponta do Vivo-Minas Lucas Lóh. O jogador foi chamado, pela primeira vez, para a seleção principal. Depois de fazer belos trabalhos com os times de base do Brasil, Lucas, finalmente, viu seu nome entre os convocados pelo treinador. "Acho que o amadurecimento que conquistei no Mundial sub-23 foi muito importante para essa convocação. Conseguimos um título que buscamos no infanto e no juvenil e, que, agora, depois de trabalhar muito, veio. Fiquei muito contente com o título e estou ainda mais depois que fui convocado para a seleção adulta", comemora o atleta. Mesmo feliz com o reconhecimento do trabalho, Lucas Lóh, de 22 anos,  acredita que pode desempenhar um papel ainda melhor. Esta auto-exigência pode ser fundamental para novas lembranças. "Consegui colaborar para a conquista do título no sub-23, mas sei que posso crescer muito ainda. Na final, por exemplo, não fiquei contente com a minha atuação e estou em busca de crescimento. Estou no cenário ideal para isso, com um grupo experiente, fortíssimo e onde eu espero aprender muito", projeta. Outro satisfeito com a convocação foi o oposto Evandro, do Sesi-SP. Ele fez uma boa última temporada pelo UPCN, da Argentina, quando ajudou o time portenho a conquistar o Sul-Americano de Clubes, em maio, em Belo Horizonte. "Estou dando o meu máximo e quero aproveitar a oportunidade para me firmar aqui na seleção. É uma honra estar nesse time, que é um dos melhores do mundo, e só me resta dar tudo de mim neste momento", comenta o jogador, que disputará posição com Wallace, do Sada Cruzeiro. Irã, Estados Unidos, Japão, Rússia e Itália serão os adversários do Brasil. O torneio começa no dia 19 e terã as cidades de Kyoto e Tóquio como sede.