Sem chance com Felipão, Tardelli destaca: "Minha seleção é o Galo"

Jogador já havia falado sobre o assunto convocação em outubro, quando afirmou estar fazendo a sua parte, apesar de escolha não depender somente dele

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Mais uma vez questionado sobre a vontade de integrar a seleção brasileira comandada pelo técnico Luiz Felipe Scolari, o atacante do Atlético Diego Tardelli reconheceu o desejo, mas não escondeu uma certa decepção ao falar sobre o assunto. O jogador, que vive talvez o seu melhor momento na carreira, evitou render o tema e afirmou que o seu foco do momento é o Atlético, colocando o time verde-amarelo em segundo plano. "Estou fazendo minha parte. Lógico que eu quero (ser convocado). Mas deixa a seleção para lá. Minha seleção é o Galo, vou trabalhar aqui tranquilo. Se vier a oportunidade vou ficar feliz, mas se não vier também vou continuar trabalhando sério do jeito que estou fazendo", destacou Tardelli. No último mês de outubro, o atacante respondeu a um questionamento semelhante e afirmou estar fazendo a sua parte. Na ocasião, porém, o jogador lembrou que a convocação não dependia somente dele. Até agora, Tardelli tem três gols pelo Atlético neste Brasileirão e, recentemente, mostrou versatilidade como armador da equipe no lugar de Ronaldinho Gaúcho, que se recupera de uma lesão na coxa esquerda. "Vou trabalhar em silêncio, não adianta ficar falando, insistindo em uma coisa. Então, deixa eu fazer a minha (parte) porque estou feliz aqui, correndo, ajudando, atuando bem, e isso é o que importa para mim no momento", reforçou o atacante. Tardelli retornou ao Atlético no início deste ano e participou da grande campanha que levou o Alvinegrou à inédita conquista da Copa Libertadores. Além disso, o jogador ajudou o time a faturar também o Campeonato Mineiro.

Leia tudo sobre: atleticogalotardelliconvocaçaofelipaoseleçao brasileira