Luxemburgo não é mais técnico do Fluminense

Treinador não suportou a pressão após a derrota para o Corinthians e a entrada da equipe carioca na zona do rebaixamento

iG Minas Gerais | Diego Costa |

REPRODUÇÃO/FLUMINENSE
Assim como Kalil, Luxemburgo reclamou da arbitragem do futebol brasileiro
Chega ao fim a passagem do técnico Vanderlei Luxemburgo nas Laranjeiras. Ele foi demitido na tarde desta segunda-feira pelo presidente do clube carioca, Peter Siemsen. O anúncio veio após a derrota desse domingo, no duelo com o Corinthians, por 1 a 0. O resultado deixou o time carioca na zona do rebaixamento, 18ª posição, com 36 pontos.  Luxemburgo deixa a equipe após série de nove jogos sem vencer. Luxa foi contratado em julho para substituir o técnico Abel Braga. Porém, o desempenho dele foi fraco. Em 24 jogos, foram sete vitórias, nove empates e dez derrotas, com 38,46% de aproveitamento.  Por meio do site oficial, o Fluminense divulgou a seguinte nota sobre a demissão de Luxemburgo:  "Por decisão do presidente Peter Siemsen, o técnico Vanderlei Luxemburgo não permanecerá no cargo de treinador do Fluminense. Já comunicado oficialmente pelo próprio mandatário tricolor, Vanderlei Luxemburgo deixa o comando do time nesta segunda-feira, 11. O Fluminense agradece o empenho do treinador e de sua comissão técnica."