Com Jô na seleção, Cuca estuda armar Atlético sem centroavante fixo

O técnico alvinegro, no entanto, ainda não definiu uma data para a realização do teste no esquema tático

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

BRUNO CANTINI/DIVULGAÇÃO ATLÉTICO
Campanha vitoriosa da Copa Libertadores teve início com o vice-campeonato da Libertadores
Convocado para defender a seleção brasileira nos amistosos contra Honduras e Chile, o atacante Jô vai desfalcar o Atlético nas próximas rodadas do Brasileirão. Sendo assim, o técnico Cuca pode - além de testar jogadores visando ao Mundial de Clubes, como tem feito - aproveitar a situação para analisar  novas opções de esquema tático para o Galo. Uma das possibilidades, é o time mineiro jogar sem um atacante fixo na área. "É uma ideia que eu já tenho e quero pôr em prática. Vamos definir isso no decorrer da semana pra usar essa estratégia também", disse o comandante alvinegro, que habitualmente coloca o seu time no 4-2-3-1. A "experiência", porém, ainda não tem uma data específica para acontecer, já que Cuca também sinalizou que pode escalar Alecsandro, substituto natural de Jô, em uma das partidas em que não contará com o centroavante. "Gosto e confio no Alecsandro, quinta-feira ou domingo, é o jogo dele. De repente, domingo jogo com o Tardelli e o Guilherme e com dois extremos de velocidade, jogando sem o fixo, porque é importante ter essa variação e sentir no jogo como o time vai se portar", explicou Cuca. Outro desfalque que o Atlético terá, nas próximas duas rodadas, é o goleiro Victor. O arqueiro alvinegro também vai se juntar à seleção, que joga nos dias 16 e 19 de novembro.

Leia tudo sobre: atleticogalofutebolcucajogarsemfixoserie abrasileirojo