Nacionais devem R$ 435 milhões

iG Minas Gerais | Tâmara Teixeira |

Em nível nacional, as dificuldades financeiras dos partidos ganham dimensões ainda maiores. Segundo um levantamento da Procuradoria Geral da Fazenda Nacional (PGFN), juntas, as 30 legendas do país acumulam dívidas que chegam à marca dos R$ 435 milhões.   O número é 47% superior aos R$ 294 milhões do bolo do fundo partidário que será dividido neste ano pelo grupo. A maior parte do valor, – R$ 365 milhões –, é referente à dívida ativa das legendas com a União. O restante é resultado de déficits de campanha do Sudeste. Além dos gastos com campanhas milionárias, as contas dos diretórios nacionais são frequentemente infladas com os déficits das executivas estaduais, que recorrem às matrizes quando estão com dificuldades financeiras em anos eleitorais. Em 2013, as executivas nacionais do PMDB e do PTB tiveram que arcar com despesas das siglas em Minas. Segundo o presidente do PT-MG, deputado federal Reginaldo Lopes, o partido já recorreu diversas vezes ao PT nacional, mas também tem assumido dívidas dos diretórios municipais.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave