Unasul fabricará drone para monitorar Amazônia e fronteiras

O modelo, movido a gasolina, será controlado e usado conjuntamente, podendo fazer filmagens em até 5.200 metros de altitude

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Os países que compõem a União das Nações Sul-Americanas (Unasul) fabricarão um drone para auxiliar a monitoração da região da Amazônia, vigiar as fronteiras e evitar desmatamentos. A decisão foi tomada nesta segunda-feira, 11, em reunião que envolvia os dez países que fazem parte da organização. O modelo, movido a gasolina, será controlado e usado conjuntamente, podendo fazer filmagens em até 5.200 metros de altitude e com uma autonomia de até 13 horas. De acordo com o exército brasileiro, a aeronave não tripulada, além de vigiar a Amazônia, também poderá auxiliar no combate contra o tráfico de drogas e armas. A Unasul ainda definirá um nome para o drone, que está orçado em cerca de R$ 463 milhões. A fabricação do modelo está prevista para 2014.

Leia tudo sobre: amazoniasegurançadroneunasul