Lotus promete revelar substituto de Raikkonen em breve

Raikkonen não terá condições de pilotar nestas duas provas porque passará por uma cirurgia nas costas, em razão de uma lesão

iG Minas Gerais | agência estado |

Horas depois de o empresário de Kimi Raikkonen revelar que o piloto não participará das últimas duas etapas do Mundial de Fórmula 1, a Lotus se manifestou e confirmou a ausência dele nos GPs do Brasil e dos Estados Unidos, que acontecerão respectivamente nos dias 17 e 24 de novembro. Raikkonen não terá condições de pilotar nestas duas provas porque passará por uma cirurgia nas costas, em razão de uma lesão. "A equipe fará um pronunciamento sobre o piloto substituto em breve", prometeu a Lotus através de um comunicado oficial divulgado neste domingo. De saída da Lotus, pois acertou a sua transferência para a Ferrari a partir da próxima temporada, Raikkonen tornou público os problemas com a equipe nas últimas semanas, ao reclamar dos atrasos salariais. Isso levou a rumores, inclusive, de que ele poderia boicotar as provas finais do campeonato. Com a ausência no Brasil e nos Estados Unidos, ele não pilotará mais pela escuderia. Uma possibilidade é que a Lotus promova seu terceiro piloto, o italiano Davide Valsecchi, de 26 anos, a titular, mas ele ainda não tem experiência em carros de Fórmula 1. Por isso, a hipótese mais comentada é de a equipe colocará o piloto reserva Jerome d'Ambrosio. O belga de 27 tem 20 GPs na carreira e chegou a ocupar o lugar de Romain Grosjean no GP da Itália de 2012, quando o francês ficou suspenso por uma corrida.

Leia tudo sobre: f1lotus