Consenso ajuda na gestão da Casa

iG Minas Gerais | Guilherme Reis |

De 2005 a 2013, o período de maior tranquilidade na Câmara de Belo Horizonte foi o da gestão da hoje deputada estadual Luzia Ferreira (PPS). Ela comandou o Parlamento belo-horizontino entre 2009 e 2010.   Segundo ela, a vantagem de seu período à frente da Casa foi o consenso que permeou seu nome durante a eleição de presidente do Legislativo. “Eu fui eleita presidente pela grande maioria dos vereadores. Desde Silvinho até Burguês, os vencedores ganharam com um, no máximo, dois votos de diferença. Sem divisões políticas é mais fácil administrar a Câmara. Quando grupos com força parecida brigam por espaço, as coisas tendem a ser mais espinhosas”, analisou. Luzia também creditou a bonança de seu comando ao contato “constante” com a população. “Foi uma proposta minha fazer uma administração mais aberta e focada nos interesses coletivos. Esse comportamento faz parte da minha trajetória.” 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave