Presos mãe e padrasto de criança encontrada morta em SP

Padrasto é considerado o principal suspeito do crime, porém, a polícia não descarta a hipótese de participação da mãe

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

A mãe e o padrasto do menino Joaquim Ponte Marques, de 3 anos, encontrado morto neste domingo (10) foram presos em Ribeirão Preto (SP), após terem a prisão temporária decretada pela Justiça. Eles deverão permanecer presos por 30 dias. O padrasto é considerado o principal suspeito do crime, porém, a polícia não descarta a hipótese de participação da mãe no desaparecimento e na morte da criança. O corpo de Joaquim foi encontrado pelo dono de um rancho, no Rio Pardo, em Barretos (SP). A criança havia desaparecido na última terça-feira (5), de dentro da casa da mãe em Ribeirão Preto. saiba mais “Antes não tínhamos a certeza de que era um homicídio. Agora temos a declaração do médico. Somadas a isso, evidências que tínhamos anteriormente de que não houve participação de terceiros no fato, e que colocavam o padrasto e a mãe como principais suspeitos, fizeram com que o juiz se convencesse da prisão temporária”, afirma o promotor Marcus Túlio Nicolino.  

Leia tudo sobre: mãepadrastocriançamorta