Portuguesa quer reação em jogo decisivo contra Coritiba

Lusa encara duelo com o Coxa como jogo chave para que o time consiga permanecer na elite do futebol no ano que vem

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

O técnico da Portuguesa, Guto Ferreira, alertou sobre a importância do confronto contra o Coritiba: “É um jogo chave”. Afinal, trata-se de uma partida que pode deixar a equipe mais distante da zona de rebaixamento ou até mesmo derrubá-la para faixa de descenso do Campeonato Brasileiro. Fato que transformou o duelo deste sábado, às 19h30, no estádio do Canindé, em São Paulo, pela 33.ª rodada, em uma decisão. Depois de 20 dias longe de casa, a Portuguesa espera voltar a vencer no reencontro com seus torcedores. O último jogo no Canindé ocorreu em 20 de outubro, quando empatou com o Vitória por 1 a 1. De lá para cá, ficou no 0 a 0 com o Flamengo, em Fortaleza, e derrota para o São Paulo, no Morumbi. Este período longe do Canindé fez a Portuguesa se reaproximar da zona de rebaixamento. Agora soma 39 pontos, no 14.º lugar, com apenas três pontos a mais que o Vasco, o primeiro na faixa de descenso. Uma derrota poderia colocar a equipe na degola. “Temos que fazer prevalecer o mando de campo. É praticamente uma final e os três pontos nos darão tranquilidade”, disse o zagueiro Moisés Moura. O defensor, aliás, deve ser uma das novidades do técnico Guto Ferreira, já que se recuperou de uma lesão no joelho direito. Com o retorno, Lima deve ir para o banco de reservas. Outra volta deve ser do atacante Diogo, que está recuperado de uma cirurgia de apendicite e hérnia inguinal que o tirou dos campos por um mês. Ele entra na vaga de Marcelinho. Por outro lado, o treinador pode ter um importante desfalque. É que o lateral-direito Luís Ricardo está com uma lesão no músculo adutor da coxa e dificilmente terá condições de jogo. A vaga deve ser ocupada pelo volante Corrêa, que já atuou outras vezes pelo setor.

Leia tudo sobre: portuguesalusacoritibacoxafutebol