Portuguesa e Coritiba ficam no 0 a 0 e seguem ameaçados

Os dois times estão fora da zona de rebaixamento, mas seguem assombrados pelo risco de queda

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Portuguesa e Coritiba empataram por 0 a 0, neste sábado à noite, em jogo sem muitas emoções, no Canindé, e amargaram um resultado que os manteve ameaçados pelo rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Com o resultado, a equipe paulista chegou aos 40 pontos e seguiu no 14.º lugar, apenas quatro pontos à frente do Vasco, time que hoje encabeça a zona de descenso da tabela. O time paranaense, por sua vez, vem logo à frente, em 13.º, com 41 pontos, e ainda não pode respirar aliviado na luta para permanecer na elite. Próximos na tabela de classificação, os times fizeram uma partida equilibrada. Tanto Péricles Chamusca quanto Guto Ferreira optaram por priorizar a marcação no meio-campo. Com isso, o jogo foi muito mais pegado do que pensado, tanto é que as principais chances de gol saíram em chutes de fora da área. O lateral Carlinhos foi quem mais levou perigo ao arriscar da intermediária e carimbar o travessão do goleiro Lauro, aos 30 minutos. Pelo lado dos donos da casa, o atacante Diogo, que voltava ao time depois de mais de um mês, foi quem tentou comandar as ações. Sempre com velocidade, ele apareceu bem para finalizar cruzamento rasteiro pelo lado direito, mas acabou finalizando mascado. Pouco antes do intervalo, Correa, que foi improvisado como lateral, arriscou de longe e por pouco não surpreendeu Vanderlei. O goleiro conseguiu se recuperar e espalmou para escanteio. A Lusa voltou ligada dos vestiários para o segundo tempo. O time paulistano esboçou uma pressão e criou boas chances de marcar. Vanderlei precisou trabalhar para evitar que os mandantes saíssem na frente. Ele fez duas grandes defesas em finalizações de Bruno Henrique e Souza. A resposta dos visitantes veio logo em seguida com Vitor Júnior em chute de fora da área, que Lauro caiu bem para empurrar para escanteio. No restante do jogo o que se viu foi uma infinidade de bolas cruzadas para a área e as defesas levando vantagem. Consequência: 0 a 0, ruim para os dois. Mas justo. Portuguesa e Coritiba voltam a campo na próxima quarta-feira. Às 21 horas, a Lusa encara o Botafogo, no Maracanã, enquanto os paranaenses recebem o Corinthians, às 21h50, no Estádio Couto Pereira, em Curitiba.  Lauro; Corrêa, Valdomiro, Moisés Moura e Rogério; Willian Arão, Bruno Henrique, Moisés (Carlos Alberto) e Souza (Wanderson); Diogo (Henrique) e Gilberto. Técnico - Guto Ferreira. CORITIBA - Vanderlei; Victor Ferraz, Luccas Claro, Leandro Almeida e Diogo Goiano; Júnior Urso, Willian Farias, Carlinhos, Alex (Keirrison) e Vitor Júnior (Emerson Santos); Júlio César (Germano). Técnico - Péricles Chamusca. ÁRBITRO - Ricardo Marques Ribeiro (MG). CARTÕES AMARELOS - Rogério (Portuguesa); Diogo Goiano, Júnior Urso e Vitor Júnior (Coritiba). PÚBLICO e RENDA - Não disponíveis. LOCAL - Estádio do Canindé, em São Paulo (SP).  

Leia tudo sobre: coritibaportuguesafutebol