Grito engasgado há dez anos

Se garantir o título nesta tarde, Raposa será a campeã com maior antecedência: cinco rodadas

iG Minas Gerais | Bruno Trindade |

JOÃO GODINHO – 21.8.2013
Mineirão vai receber mais de 60 mil pessoas neste domingo para o duelo que pode valer a taça de campeão brasileiro
O clima é de decisão. O jogo pode valer o título. O estádio estará lotado. E o resultado tende a definir a história do Brasileirão 2013. Esses são os ingredientes presentes no duelo entre Cruzeiro e Grêmio, neste domingo, às 17h, no Mineirão, pela 33ª rodada do Nacional. Uma década depois de encantar o Brasil conquistando três títulos na mesma temporada, a agremiação estrelada, além de relembrar os dez anos da Tríplice Coroa, quer escrever uma nova história nas “páginas heroicas imortais” de conquistas do clube, dessa vez, com cinco rodadas de antecedência.   Depois de uma campanha impecável, a Raposa vai entrar com tudo para buscar a vitória contra o tricolor gaúcho, resultado que pode sacramentar o título, caso o Atlético-PR não vença seu jogo em casa, contra com o São Paulo. Além de tentar se aproveitar da força que o time tem no novo Mineirão – são 24 jogos, com 22 vitórias, um empate e uma derrota – os jogadores contarão com o barulho ensurdecedor de 60 mil vozes para sufocar o adversário. “Queremos a vitória dentro do Mineirão, onde temos feito bons jogos e conseguido muitas vitórias. Nós vamos encarar esse jogo como se essa fosse uma oportunidade única de conseguir a vitória e conquistar o título”, ressaltou o goleiro Fábio. Maior ídolo da recente história celeste, o arqueiro, prestes a conquistar o seu primeiro grande título pelo clube, disse que não está ansioso pelo feito inédito. “Estou me sentindo na paz, tranquilo e pronto pra chegar preparado pra mais essa decisão. Temos que focar sempre para fazer o melhor para o Cruzeiro”, disse o jogador. Fábio afirmou que, apesar do clima favorável, o duelo contra os gaúchos não será fácil. “São duas equipes muito fortes. Já vimos o Grêmio jogar e vamos ver novamente para que a gente possa neutralizar ao máximo as qualidades do time deles, porque é uma equipe perigosa”, constatou o goleiro. Mesmo com a qualidade do adversário, o técnico Marcelo Oliveira disse que o Cruzeiro tem que se impor. “O Grêmio marca bem, às vezes joga com três zagueiros, às vezes com dois zagueiros, mas três volantes e eles têm dois atacantes finalizadores. Porém, neste momento, o mais importante é o que o Cruzeiro vai fazer. Temos que ter cuidado, mas sempre procurando tomar a iniciativa do jogo”, analisou o treinador celeste. Se o Cruzeiro vencer hoje e o Atlético-PR não derrotar o São Paulo, o “número três” da Tríplice Coroa, conquistada há dez anos, se transformará em tri, de tricampeão Brasileiro.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave