Ceará goleia Sport e fica perto do G-4 na Série B

Vozão entrou de vez na briga para retornar a elite do futebol nacional

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Com um público de um pouco mais de 25 mil pessoas, o Ceará entrou de vez na briga por um lugar entre os quatro primeiros colocados da Série B do Campeonato Brasileiro, que garante, presença na elite do futebol nacional em 2014, neste sábado, quando goleou o Sport por 4 a 1, na Arena Castelão, em Fortaleza em partida válida pela 34ª rodada. Com a vitória, o Ceará subiu para a sexta posição, com 53 pontos mesma pontuação do quarto colocado Icasa. Porém, a equipe da capital cearense possui um número de vitórias menor em relação do time de Juazeiro do Norte - 14 a 16. O resultado, porém, serviu para dar esperanças de acesso ao torcedor do Ceará. O Sport, mesmo com a derrota, se manteve no G4, na terceira posição, com 56 pontos. A derrota, porém, encerrou uma sequência de três jogos sem perder do time pernambucano, que havia vencido São Caetano e América-MG e empatado com a Chapecoense nas últimas rodadas. Lutando para conseguir um lugar dentro do G4, o Ceará entrou em campo disposto a liquidar a vitória ainda no primeiro tempo. Acuado, o Sport assistiu o time da casa jogar e já levou o primeiro gol aos três minutos de jogo. O meia Ricardinho conduziu a bola e arriscou um chute forte da entrada da área. A bola pingou na frente do goleiro Magrão e acabou enganando o arqueiro, que aceitou. A falha de Magrão animou Ricardinho, que três minutos depois arriscou um novo chute para o gol em uma cobrança de falta de muito longe. A bola passou por cima da barreira e foi em direção ao gol, mas o experiente goleiro do Sport, bem posicionado, agarrou. A pressão do Ceará continuou e o Sport quase não chegava ao gol adversário. Sem criação, o atacante Marcos Aurélio resolveu ir buscar a bola sozinho e acabou dando certo. Aos 32 minutos, ele arriscou um chute de muito longe e a bola acabou entrando no ângulo, em um belo gol. Após o empate o Sport voltou a se fechar para esperar o término do primeiro tempo, mas levou um susto novamente aos 39 minutos. Rogerinho arriscou com a perna esquerda e Magrão fez boa defesa. De volta do intervalo, o Ceará continuou apostando nas finalizações de fora da área para surpreender o goleiro Magrão. Logo aos dois minutos, Rogerinho chutou muito forte e novamente a bola pingou na frente do goleiro, que dessa vez conseguiu espalmar para escanteio. Se a pressão do Ceará já era grande, ficou maior a partir dos cinco minutos. Demonstrando falta de maturidade, o zagueiro Oswaldo, que já tinha cartão amarelo, chutou uma bola para longe com o jogo parado e levou o segundo cartão, sendo expulso de jogo. Com um jogador a mais, tudo ficou mais fácil para o Ceará, que não demorou para marcar o segundo gol. Aos 15 minutos, Ricardinho fez grande jogada e chutou rasteiro. O goleiro Magrão espalmou para frente e de voleio, Lulinha completou o rebote para o fundo das redes. A pressão do Ceará continuou e em mais um chute de fora da área, aumentou o placar. Aos 32 minutos, Mota puxou a bola para o lado esquerdo e soltou uma bomba, sem chances para Magrão, colocando um ponto final nas chances de reação do Sport. Léo Gamalho ainda marcou o quarto gol no último lance de jogo, aos 46 minutos. Thiago Humberto cruzou para a área e ele só teve o trabalho de completar para o gol. O Ceará volta a campo na próxima terça-feira, às 19h30, para enfrentar o Avaí novamente na Arena Castelão, em Fortaleza. Já o Sport vai encarar o Atlético-GO, também na terça-feira, às 21h50 no estádio Serra Dourada, em Goiânia. Os jogos serão válidos pela 35.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. FICHA TÉCNICA CEARÁ 4 X 1 SPORT CEARÁ - Fernando Henrique; Marcos, Potiguar, Gustavo Silva e Vicente; João Marcos, Ricardinho, Lulinha (Thiago Humberto) e Rogerinho (Léo Gamalho); Magno Alves e Mota (Diego Orlando). Técnico - Sérgio Soares. SPORT - Magrão; Oswaldo, Pereira e Aílson; Patric, Rithely, Rafael Pereira (Patrick Silva), Lucas Lima (Nunes) e Marcelo Cordeiro; Marcos Aurélio e Neto Baiano (Felipe Azevedo). Técnico - Geninho. GOLS - Ricardinho, aos três e Marcos Aurélio, aos 32 minutos do primeiro tempo. Lulinha, aos 15, Mota, aos 32 e Léo Gamalho, aos 46 minutos do segundo tempo. ÁRBITRO - Marcelo de Lima Henrique (RJ). CARTÕES AMARELOS - Fernando Henrique, Lulinha e Mota (Ceará); Neto Baiano e Aílson (Sport). CARTÃO VERMELHO - Oswaldo (Sport). RENDA - não divulgada. PÚBLICO - 26.458 pagantes. LOCAL - Arena Castelão, em Fortaleza (CE).

Leia tudo sobre: cearasportserie bfutebol