Reforma da calçada não estava no projeto

iG Minas Gerais | Johnatan Castro |

Responsável por executar a obra da trincheira para ligar Nova Lima a Belo Horizonte, a Associação de Empreendedores do Vila da Serra e Vale do Sereno reconheceu os problemas e afirmou que solicitou à Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), há cerca de seis meses, a instalação da iluminação pública.   De acordo com a entidade, como projeto do Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes em Minas (Dnit), pelo qual a construção se orientou, não previa a reforma das calçadas. “Teria que pedir licença para o Dnit para fazer (as calçadas). O objetivo principal era a trincheira”, afirmou o diretor da associação, Luiz Lodi. Segundo ele, não existe a intenção de fazer a reforma das calçadas. Em nota, a Cemig afirmou que não fez a instalação dos postes porque precisa receber uma solicitação da prefeitura da capital, conforme prevê a lei. Procurado, o Dnit informou, por meio de sua assessoria, que somente cedeu o projeto da obra e que não é responsável por sua execução. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave