Manifestantes se concentram para protesto contra a venda de animais

O ato é organizado por ativista meio das redes sociais; procurada pela reportagem de O TEMPO a assessoria do mercado não foi localizada

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Manifestantes que prometem um grande ato neste domingo (10) contra a venda de animais no Mercado Central de Belo Horizonte já começaram a concentração em frente a portaria do local na avenida Amazonas na tarde deste sábado (9). Procurada pela reportagem de O TEMPO a assessoria do mercado não foi localizada.     A organização do protesto é realizada por meio das redes sociais com páginas no Facebook, como a "Libertação Animal no Mercado Central" e "Mercadores de Maus Tratos". Na página da organização do protesto no Facebook, os ativistas declaram sua insatisfação contra a venda de animais no mercado. "Não são só os protetores de animais que já não aguentam mais tantos maus tratos. A população também se revolta ao ver como seres que não tem voz, nem força, nem poder, sofrem nas mãos de comerciantes e de pessoas inescrupulosas que praticam atos covardes e desumanos contra aqueles que não podem se defender. Junte-se a nós. Mostre que você não compactua com tanta crueldade. Participe da nossa manifestação." A camisa preta desenvolvida pelo movimento, para ser utilizada durante o ato, é estampa com uma imagem de um cachorro e a frase "Não queremos gaiolas maiores. Queremos gaiolas vazias". Como na programação os manifestantes começaram a se concentrar por volta de 15h deste sábado (9). Os organizadores chamam a população para participar do protesto que será realizado às 9h na manhã deste domingo (10).    

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave