Thiago Ribeiro e Cicinho desfalcam Santos contra Vasco

Sem ameaça do rebaixamento, comissão técnica preferiu poupar

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Santos/Divulgação
Cicinho justificou que o Santos esteve em uma noite infeliz diante do Timbu
Thiago Ribeiro e Cicinho estão fora do jogo contra o Vasco, neste domingo, no Maracanã, pelo Brasileirão. O atacante está na fase final da recuperação do edema na coxa esquerda e vai desfalcar o time do Santos pela terceira rodada seguida. E o lateral-direito sofreu um trauma no tornozelo esquerdo. Assim, o técnico Claudinei Oliveira fica sem dois de seus titulares. Como o Santos está numa posição intermediária no Brasileirão, longe do rebaixamento e da zona de classificação da Libertadores - está em nono lugar, com 44 pontos -, os médicos optaram por não expor Thiago Ribeiro a uma possível volta ao time antes da hora. No caso de Cicinho, que sofreu o trauma no clássico com o Corinthians e jogou no sacrifício diante do Cruzeiro, a ordem é fazer tratamento para retornar na próxima rodada. "Pesamos os prós e os contras. No caso do Thiago Ribeiro, a previsão inicial da recuperação era de 15 dias (completados nesta sexta-feira), mas havia o perigo de a lesão voltar e optamos por não correr esse risco. Preferimos resguardar o jogador para o jogo da quinta (contra o Bahia, no Pacaembu, pela 34ª rodada do campeonato). Cicinho também não está 100%", explicou Claudinei Oliveira. No lugar de Cicinho, o escolhido para entrar no time é o lateral-direito Bruno Peres. Mas Claudinei Oliveira ainda não decidiu como vai armar o Santos do meio para frente. O técnico testou três formações diferentes no treino realizado na tarde desta sexta-feira, no CT Rei Pelé, mantendo a indefinição sobre os titulares para o jogo contra o Vasco. Na primeira parte da atividade, Willian José atuou isolado na frente, com os meias Montillo e Cícero logo atrás e com três volantes - Alison, Arouca e Alan Santos - à frente da defesa. Depois, Claudinei Oliveira trocou Alan Santos pelo atacante Geuvânio, que formou a dupla de frente com Willian José. E, já na parte final, fez a terceira experiência, com dois atacantes de lado de campo: Geuvânio, pela direita, e Gabriel, pela esquerda. Depois do treino, Claudinei Oliveira fez mistério com relação ao time que começará o jogo. Mas ele deve optar pela primeira formação testada na atividade, com um atacante (Willian José), dois meias (Montillo e Cícero) e três volantes (Alison, Arouca e Alan Santos). "Tenho três opções e só vou decidir depois de saber com o Vasco vai jogar", disse o técnico do Santos.