Em jogo de briga e invasões, Unitri vence Minas e força terceiro jogo

Confusão aconteceu no segundo quarto e teve quatro atletas desqualificados; quem vencer jogo deste sábado, sagra-se campeão

iG Minas Gerais | DANIEL OTTONI |

RAPHAEL OLIVEIRA
Valtinho elogiou atuação do time e lamentou confusão
O Unitri-Magazine Luiza, de Uberlândia, parece ter aprendido as lições da derrota para o Minas Tênis Clube, na última terça-feira, no primeiro jogo da final do Estadual de basquete. Precisando vencer para forçar o terceiro jogo, o time do Triângulo não deu chances aos rivais e venceu o segundo jogo por 75 a 57. O terceiro e decisivo encontro acontece hoje, às 14h, de novo no ginásio do UTC. Quem vencer, leva o título. O jogo foi marcado pela tensão. Aos 3min do segundo quarto, quando o Uberlândia já vencia por cerca de 20 pontos, Helinho sofreu falta e tomou uma cotovelada. A confusão tomou conta e jogadores do banco precisaram intervir. Quatro jogadores - Ícaro e Audrey, do time da casa e Betinho e Wanderson, do Minas - foram desqualificados e não entram em quadra hoje. No primeiro jogo, o clima já havia esquentado, mas na noite desta sexta a coisa chegou às vias de fato, depois de muitas provocações e discussões. No último quarto, por muito pouco, a coisa não piorou novamente. "Aconteceu isso tudo e foi só o primeiro tempo. Não podemos perder o foco, temos que manter o ritmo forte. Se entrarmos nessa pilha, só temos a perder. Temos 20 pontos de frente e não podemos dar bobeira. Nunca vi algo como o que aconteceu, acho que o time deles não esperava que entraríamos tão bem assim. Amanhã terá a continuação deste jogo e vamos com tudo", já previa, no intervalo, o armador Valtinho, do time da casa. Depois de um 40 a 20 no primeiro tempo, o Minas voltou melhor no terceiro quarto. Mas o time da casa logo se recuperou e não permitiu a completa reação dos belohorizontinos. O ala norte-americano Robert Day, do Unitri, mais uma vez, levantou a torcida em vários momentos com suas bolas de três. O Unitri é o atual tricampeão mineiro e soma um total de 12 títulos no Estado. O Minas, que ficou muito abaixo do primeiro jogo da final, irá precisar de paciência, tranquilidade e maturidade para vencer o último e decisivo jogo fora de casa. O encontro promete.