Nigéria vence e conquista o Mundial Sub-17 pela 4ª vez

Com o título, a seleção nigeriana ultrapassou o Brasil e se tornou a maior vencedora do torneio

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Divulgação
Seleção nigeriana faz a festa após vitória na decisão do Sub-17
A Nigéria faturou nesta sexta-feira o título do Mundial Sub-17, realizado nos Emirados Árabes Unidos, ao derrotar na decisão a seleção do México por 3 a 0, em partida disputada em Abu Dabi. Assim, coroou uma campanha praticamente perfeita com mais uma conquista nas divisões de base do futebol internacional. O título do Mundial Sub-17 foi garantido sobre os atuais campeões do torneio e isolou a Nigéria como o maior vencedor da competição, com quatro títulos, um a mais do que a seleção brasileira. Antes, a seleção nigeriana havia sido campeã em 1985 1993 e 2007, em edições do torneio realizadas sempre no continente asiático. Além disso, a equipe acumula três vice-campeonatos, obtidos em 1987, 2001 e 2009. A seleção nigeriana já impressionou na sua partida de estreia no Mundial Sub-17 ao golear exatamente o México por 6 a 1. E depois acumulou mais quatro vitórias (5 a 0 no Iraque, 4 a 1 no Irã, 2 a 0 no Uruguai e 3 a 0 na Suécia) e um empate (3 a 3 com a Suécia) para se garantir na decisão desta sexta. Na final, disputada no Estádio Mohammad Bin Zayed, a Nigéria não teve muita dificuldade para conquistar mais uma vitória. A equipe abriu o placar da final da partida logo aos nove minutos. Em um contra-ataque, Awoniyi passou para Yahaya. Na tentativa de evitar a finalização, o mexicano Aguirre marcou o gol contra. Os outros dois gols da decisão do Mundial Sub-17 saíram no segundo tempo. Aos 11 minutos, o goleiro Gudiño falhou em cruzamento de longa distância e a bola sobrou para Iheanacho, que precisou apenas tocá-la para a rede. O terceiro gol, aos 36 minutos, foi marcado por Muhammed, em cobrança de falta, com a bola entrando no ângulo esquerdo. Assim, a Nigéria faturou o seu quarto título do Mundial Sub-17 e terminou a sua participação no torneio com 26 gols em sete partidas, com a impressionante média de 3,71. Também nesta sexta, a Suécia garantiu o terceiro lugar do Mundial Sub-17 ao derrotar a Argentina por 4 a 1. Valmir Berisha foi o principal destaque da partida ao marcar três gols. Assim, foi o artilheiro do torneio com sete gols, um a mais do que o brasileiro Boschilia e o nigeriano Iheanacho.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave