Celestes admitem "secar" Atlético-PR para tentar dar a volta olímpica

Volante Nilton alimenta o desejo de faturar o título, mas pede para que toda a equipe não entre no "oba-oba"

iG Minas Gerais | THIAGO PRATA |

Não adianta apenas vencer o Grêmio, no Mineirão, para o Cruzeiro faturar o título do Brasileiro neste domingo. É necessário também que o Atlético-PR não supere o São Paulo, no Durival de Britto, em Curitiba (PR). Por isso, além de fazer a sua parte dentro de campo, o time celeste admite que vai "secar" o Furacão. “O São Paulo também quer vencer. Não será fácil para o Atlético-PR. Será difícil para eles. E nós temos que fazer nosso papel em cima do Grêmio”, sintetizou o meia-atacante Ricardo Goulart, que, no entanto, não quer saber do resultado do duelo em Curitiba durante a partida entre mineiros e gaúchos. “Deixa em off. Vamos focar na nossa partida, no nosso objetivo, dos três pontos. Depois vamos ver o resultado do Atlético-PR”, completou. O volante Nilton também alimenta o desejo de faturar o Brasileirão neste domingo, mas pede para que toda a equipe não entre no "oba-oba". “Precisamos continuar a manter nossa concentração. Temos que encarar cada jogo como se fosse uma final. E é mesmo uma final, dependendo do resultado do outro jogo. O Grêmio virá com toda gana e força de vontade para ficar no G-4. Temos de entrar ligados para não sermos surpreendidos no Mineirão, como aconteceu contra o São Paulo”, disse. 

Leia tudo sobre: cruzeiroraposacelestessecaratletico-prbrasileiroserie acampeao