Léo Motta quer linha de ônibus até os aeroportos

Vereador pediu ao governador Anastasia a criação de nova linha até terminais aéreos

iG Minas Gerais |

Preocupado com as dificuldades de deslocamento dos moradores de Contagem até os aeroportos da Pampulha e de Confins, o vereador Léo Motta conversou diretamente com o governador Antônio Augusto Anastasia. Na última segunda (4), acompanhado do secretário estadual de regularização fundiária, deputado estadual Wander Borges (PSB), ele apresentou o ofício nº 172/13 durante audiência na Cidade Administrativa. No documento ele pede a criação de linhas de ônibus que partam da cidade com destino aos dois terminais aéreos. O vereador Léo Motta, que é presidente da comissão do planejamento participativo popular municipal e vice-líder do governo, solicita uma linha de ônibus urbano intermunicipal exclusiva para o trajeto de passageiros de Contagem aos aeroportos Carlos Drummond de Andrade (Pampulha) e Tancredo Neves (Confins). Ainda de acordo com ele a cidade enfrenta alguns desafios. Léo Motta acredita que a demanda se justifica, já que mesmo Contagem sendo a terceira do Estado em nível populacional e a segunda em desenvolvimento, e estando em ascensão a cada dia, a cidade é dependente em alguns serviços. “Pela proximidade com Belo Horizonte utilizamos muitos serviços da capital, como por exemplo os aeroportos. Além disso, e existe uma grande dificuldade para o deslocamento dos moradores que precisam viajar, já que o serviço de taxi é extremamente caro e os coletivos são demorados, por não terem linhas diretas”, afirmou. Léo Motta defendeu ainda, que em dias de fluxo muito intenso nas vias urbanas, é interessante desestimular o uso de veículos particulares. Ele acredita que é necessário disponibilizar um transporte coletivo eficaz para que esse deslocamento , e que seja também confortável “O mais apropriado seria realizar um estudo técnico para a definição das rotas, quadro de horários, pontos de atendimento e a estrutura destes veículos que farão o transporte direto para os aeroportos de Belo Horizonte,” defendeu. Em resposta, o Governador Anastasia aprovou a implantação da linha e informou que o Governo vai fazer um estudo técnico para que a cidade tenha um acesso melhor aos aeroportos que atendem à região metropolitana de Belo Horizonte. Alternativas Atualmente, a maioria dos moradores de Contagem enfrenta grandes dificuldades para se deslocar até os aeroportos, principalmente o Internacional Tancredo Neves, na cidade de Confins. Para os que dispensam o serviço de táxi, que partindo de certas regiões de Contagem, mesmo com destino ao aeroporto da Pampulha – que é mais próximo – acaba sendo muito caro, as alternativas são poucas. Sem metrô em nenhum dos aeroportos, o cidadão que opta por não usar carro particular, muitas vezes tem que descer na estação Lagoinha, que dá acesso à rodoviária da capital, e pegar um ônibus até os terminais aéreos. Também pode optar por pegar um ônibus com destino ao aeroporto Tancredo Neves no terminal Álvares Cabral, no bairro de Lourdes, na capital. No entanto, Betim, também na região metropolitana, já tem ônibus que sai diariamente da cidade rumo ao aeroporto de Confins. A linha sai do terminal da cidade seis vezes ao dia e leva passageiros que precisam se deslocar até o terminal Tancredo Neves.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave