Colorado vence nos pênaltis e é campeão do Módulo II

Em jogo emocionante, time do bairro Laguna abriu 2 a 0 no placar, contra o União Cabana, mas permitiu o empate, e, nos pênaltis, conquistou o título inédito do torneio

iG Minas Gerais |

No último domingo (3), a Associação Esportiva Colorado, do bairro Laguna, sagrou-se campeã do Campeonato do Módulo II de Contagem 2013, ao vencer, nos pênaltis, a equipe do União Cabana, por 5 a 4. Após a partida, jogadores, comissão técnica e torcedores que estiveram presentes no estádio do Frigoarnaldo comemoraram muito o feito inédito. O jogo Quando o árbitro deu o apito inicial, o Colorado se mostrou melhor, soberano na partida. Nos 25 minutos iniciais, o time do União Cabana pouco pegou na bola, tamanha a imposição do Colorado. Explorando bem a velocidade do atacante Diego, a equipe chegou diversas vezes perto de abrir o marcador. Quando parecia que o gol do Colorado estava prestes a sair, o União Cabana acordou no jogo. Após substituição do volante Thiago, que saiu vaiado pela torcida, pelo meia Jeferson, a equipe de Nova Contagem cresceu na partida e, aos poucos, foi chegando com perigo. Mas, no fim do primeiro tempo, o que se viu foram duas equipes não tão esforçadas, parecendo estar se resguardando para o segundo tempo, devido ao forte calor. E o início do segundo tempo demonstrou isso. Com o 0 a 0 no placar, as equipes voltaram com tudo. Logo aos 3 minutos, após saída de bola errada da zaga do União Cabana, o centroavante Tarlisson recebeu sozinho e fuzilou as redes do goleiro Fabricio, fazendo 1 a 0 pro Colorado. Após o gol, o Colorado continuou mandando na partida. Aos 18 minutos da segunda etapa, após discussão devido a uma falta marcada, o camisa 9 do Colorado e autor do primeiro gol, Tarlisson, foi expulso pelo árbitro. Mas, no lance seguinte, saiu o 2 a 0. Após cobrança de escanteio o volante Dias subiu sozinho e cabeceou no canto do goleiro, ampliando o placar. Aguerrida, a equipe do União não desistiu, partiu para cima, e foi recompensada. Aos 22 minutos, o goleiro Paulo Cesar saiu mal em cobrança de escanteio e o centroavante Bruno só encostou na bola para descontar, 2 a 1. Empurrado pela torcida, o União Cabana conseguiu o empate 6 minutos depois. Após lançamento, o camisa 22, Alan, ganhou na corrida dos zagueiros e bateu no canto rasteiro do goleiro, fazendo a torcida tricolor, presente no estádio, explodir de alegria. Depois do empate, o jogo ficou truncado, pegado, e com chances para os dois lados. Mas ficou nisso, e a definição foi para os pênaltis. Nas penalidades, todos os jogadores foram acertando até acontecer algo inusitado. O goleiro do Colorado, Paulo Cesar, defendeu duas cobranças do camisa 20 do União Cabana, Arthur. Mas o árbitro da partida mandou voltar, alegando que o goleiro havia se adiantado. O lance gerou muita confusão entre os jogadores do Colorado e o trio de arbitragem, mas, apesar da revolta dos jogadores, Alan bateu o pênalti o gol. As cobranças continuaram, até que chegou a vez do ultimo cobrador. O camisa 9 do União Cabana ficou com a responsabilidade. O centroavante Bruno chutou a bola na trave, encerrando as cobranças de pênalti e dando o título do Módulo II de 2013 ao Colorado.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave