O desafio de marcar Ribéry

iG Minas Gerais |

CHRISTOF STACH/AP–23.4.2013
undefined
No dia 21 de dezembro, Marcos Rocha poderá enfrentar o maior desafio de sua carreira: marcar Franck Ribéry, eleito o melhor jogador da Europa na última temporada. Para que isso aconteça, Atlético e Bayern de Munique devem fazer valer os seus favoritismos na semifinal do Mundial de Clubes, no Marrocos, e protagonizar a tão esperada decisão da competição da Fifa.   Apesar de respeitar o adversário da semifinal do Mundial, Marcos Rocha já começa a traçar planos para impedir os avanços do veloz e habilidoso francês. Sua principal arma é a força de dois colegas do meio-campo: os volantes Pierre e Josué. “Eu e Pierre vamos conversar muito, porque acaba que certas situações você não pode trocar de marcação, você tem que acompanhar até o fim. Então, estamos aproveitando essa reta final do Campeonato Brasileiro para melhorar nisso”, explicou Marcos Rocha a O TEMPO. Para conhecer melhor os adversários, o camisa 2 tem trocado ideias com um veterano em futebol alemão dentro do elenco alvinegro. “Venho conversando com Josué, que jogou seis anos contra o Bayern. Sabemos que o Ribéry é a força do Bayern. Espero que possamos neutralizar esse ponto forte deles, se chegarmos na final”, completou. (FA)    

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave