Suposto pastor dá golpe de U$$ 90 mil em empresário

O valor serviria como garantia para um empréstimo de R$ 1,2 milhão

iG Minas Gerais | Jhonny Cazetta |

Um empresário de Rondônia, no Norte do Brasil, perdeu 90 mil dólares durante um golpe aplicado por um suposto pastor de Juiz de Fora, na Zona da Mata.   A vítima, que tem 51 anos, esteve na cidade nesta sexta (8) para pegar um empréstimo de R$ 1,2 milhão e entregou os U$$ 90 mil como garantia em troca do dinheiro que foi recebido dentro de uma maleta. No entanto, após concretizar o acordo e o golpista já ter ido embora, o empresário reabriu o objeto para conferir o montante e se deparou com as notas falsas.   De acordo com a Polícia Militar (PM), apenas R$1,2 mil do dinheiro era verdadeiro. As notas originais estavam por cima das falsificadas, para camuflar o golpe. O restante eram cédulas de brincadeira e que, inclusive, estavam com os dizeres "sem valor" e "jogos de mesa”.   “É um crime do famoso artigo 171, do código criminal. Não há notas falsas, pois elas mesmos falam que não são verdadeiras. É um golpe de estelionatário, que infelizmente ocorre com muita frequência”, afirmou o delegado da Superintendência da Polícia Federal (PF), Cláudio Dornelas, que iria investigar o caso, mas “como elas não são cédulas falsas, não podemos enquadrar o crime como federal e então o Boletim de Ocorrência foi enviado para a Polícia Civil, que irá aprofundar as investigações”, acrescentou o delegado. O empresário ainda tentou entrar em contato com o suposto pastor, mas não conseguiu encontrá-lo   Confiança O empresário contou à PM que o suspeito parecia de “confiança” e que o conheceu  durante uma viagem a São Paulo, quando ficou sabendo que ele fazia empréstimos a algumas pessoas. Depois do contato inicial e diante de um crise financeira em seus negócios ele resolveu ligar para o golpista e pedir o dinheiro.   Ninguém foi preso até o momento  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave