Campos rejeita ‘nós contra eles’

iG Minas Gerais |

Londres. O governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), discursou como candidato para uma plateia de cerca de 200 investidores e empresários britânicos ontem em Londres. Em seminário para apresentar oportunidades de negócios em solo pernambucano, o presidenciável do PSB apresentou seu Estado aos presentes, mas aproveitou para apontar problemas do atual governo federal e defender o rumo do debate para as eleições presidenciais de 2014. “Não podemos viver uma eleição apenas na base do nós e eles. Vamos fazer um debate consistente com a agenda nacional que está interditada. Não é uma agenda do próximo governo, é um debate de uma geração”, disse Campos aos jornalistas após o evento. Durante o seminário,Campos defendeu seu modelo de gestão. “O que o investidor estrangeiro quer é clareza sobre onde o país quer chegar. O Brasil tem duas décadas pela frente que vão definir o seu papel. E esse é um debate que o Brasil vai viver no ano que vem, quando teremos eleição”. O governador também informou que seu partido fez recente aliança com a ex-senadora Marina Silva. “Fizemos recentemente uma aliança com o partido da ex-senadora Marina Silva. Nosso esforço é nessa direção, dizer o Brasil que nós queremos”, disse Campos.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave