Eike Batista terá que provar que pode investir

iG Minas Gerais |

WILTON JUNIOR/AGÊNCIA ESTADO – 9.12.2011
Eike Batista terá que provar que tem ‘bala na agulha’ para investir
RIO DE JANEIRO. A diretoria da Agência Nacional do Petróleo (ANP) decidiu exigir que a OGX, petroleira do empresário Eike Batista, comprove sua capacidade para investir nos campos dos quais têm concessão, disse a diretorageral da agência, Magda Chambriard. Com dívida de R$ 11,2 bilhões, a OGX pediu recuperação judicial na semana passada. Com a exigência da ANP, a empresa terá que provar que tem recursos para levar seus planos adiante. Um dos campos é o de Tubarão Martelo, na bacia de Campos, com previsão de iniciar a produção de petróleo até o fim do ano. O campo é a principal aposta da OGX para gerar receitas e, assim, pagar suas dívidas. Desde agosto a empresa não extrai petróleo. Único em operação, o campo de Tubarão Azul, na mesma bacia, teve problemas e não produziu em agosto e setembro. Tubarão Azul foi o primeiro campo de Eike a entrar em produção, mas não atingiu o volume anunciado, de 15 mil barris por dia em cada um de seus três poços, o que levou à perda de credibilidade da empresa. A derrocada da OGX contaminou todo o império montado pelo ex-bilionário e provocou a perda de bilhões de dólares de investidores, inclusive do próprio Eike Batista. Possível fusão. Uma surpreendente fusão entre a OGX e a empresa de construção naval OSX faz parte das alternativas em estudo pelo grupo responsável pela reestruturação das empresas de Eike Batista. O mercado espera que a OSX também entre com pedido de recuperação judicial a qualquer momento. A fusão, de acordo com fontes que acompanham o processo, é tecnicamente possível, mas seria uma opção para os próximos meses, depois de vencida a primeira etapa judicial da recuperação. A OSX tem apenas um cliente, a OGX, e quatro ativos: as plataformas construídas para atender a própria petroleira. Uma delas, a OSX-3, deve ser mantida para operar na área de Tubarão Martelo, na Bacia de Campos. A intenção da OGX é iniciar a produção de petróleo no campo ainda neste mês.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave