Rafinha diz que Fluminense deve pensar em um jogo por vez

Tricolor carioca corre risco real de rebaixamento no Campeonato Brasileiro e tem seis jogos para definir seu futuro

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

FLICKR OFICIAL/REPRODUÇÃO/FLUMINENSE
Jean é um dos principais jogadores do atual plantel do Tricolor das Laranjeiras
Promessa das categorias de base do Fluminense, Rafinha já encara nos seus primeiros passos entre os profissionais, a luta contra o rebaixamento. Sem temer a situação adversa, ele diz que o time deve evitar fazer contas nesse momento e pensar em um jogo de cada vez na reta final do Campeonato Brasileiro, começando pelo duelo com o Corinthians, domingo, em Araraquara, pela 33ª rodada. "Temos que encarar esta realidade, não tem como fugir, mas é uma experiência muito boa para nós que somos mais jovens. Não era para o Fluminense estar nessa situação. Tínhamos de estar brigando em cima e temos de encarar a situação dando um passo de cada vez e o primeiro é o confronto com o Corinthians. Temos mais seis jogos, vamos buscar um bom resultado e pensar depois no próximo confronto", disse. Polivalente, Rafinha já atuou como volante, nas duas laterais e até como um meia aberto pela direita. Para ele, o importante é ajudar o Fluminense a superar o momento difícil no Brasileirão. "Não importa a posição. Deixo a decisão na mão do Luxemburgo, estou aqui para ajudar o grupo. Seja na emergência ou na hora boa, não faz diferença. O grupo está unido, fechado, e espero que a gente saia dessa o mais rápido possível", disse. "Todas as tarefas são difíceis. Não é fácil desempenhar as funções, mas quero ajudar seja em qualquer posição", completou.

Leia tudo sobre: fluminenserafinhafutebolrebaixamentobrasileiro