Arouca lamenta primeiro ano sem títulos no Santos

Arouca está desde 2010 no Peixe e sempre conquistou dois títulos por ano

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

DIVULGAÇÃO/SANTOS
Arouca espera viver um bom ano em 2014, ao contrário de 2013
Com chances apenas matemáticas de ir à Libertadores do ano que vem e passando por um momento irregular no Campeonato Brasileiro o Santos já começa a fazer um balanço da temporada para não repetir os mesmos erros em 2014. Para o volante Arouca, 2013 trouxe uma novidade que ele preferia não experimentar. Foi o primeiro ano sem títulos do jogador pelo clube da Vila Belmiro, onde chegou em 2010. "Desde a minha chegada aqui, em 2010, foram dois títulos por ano. Ficar 2013 sem conquistar título é ruim. É lamentável. Chegamos a uma final e perdemos. Agora temos que terminar bem esse campeonato brasileiro, tentar uma vaga na Libertadores e pensar que em 2014 será bem melhor", declarou o jogador, nesta quinta-feira. Com a camisa santista, Arouca conquistou o tricampeonato paulista (2010, 2011 e 2012), uma Copa do Brasil (2010), uma Libertadores (2011) e uma Recopa Sul-Americana (2012). Em 2013, a equipe perdeu a decisão do Paulista para o Corinthians e fez uma campanha ruim no Campeonato Brasileiro, sobre a qual o volante comentou. "Acredito que o Santos mudou bastante no decorrer do campeonato. Saíram jogadores e treinador. Também entraram jogadores e a equipe não conseguiu dar aquela sequência de vitórias que é necessária. Quem tem o objetivo de estar em cima não pode errar muito. Agora é procurar somar o maior número de pontos nesses jogos finais. Fazer um término de campeonato digno do Santos", comentou. Mesmo admitindo a improbabilidade de o Santos alcançar a vaga na Libertadores do ano que vem, Arouca segue sonhando e promete lutar enquanto houver chance matemática. Atualmente, o time é o nono colocado na tabela, com 44 pontos, nove atrás do quarto colocado Botafogo, a seis rodadas para o fim da competição. "A gente tem trabalhado desde o começo, focados no objetivo. Estamos distantes da Libertadores, mas, como existe a possibilidade, a gente vai em busca. Ainda faltam seis jogos. Serão jogos difíceis. Mas vamos buscar o máximo por essa vaga", prometeu.

Leia tudo sobre: santosaroucavolantefutebolesportepeixe