Pagamentos móveis vão reduzir tarifas

iG Minas Gerais |

Fortaleza. A criação de novos instrumentos de pagamentos – como movimentação de recursos via celular, moedeiros eletrônicos e cartões pré-pagos – -irá ajudar a reduzir o custo do crédito e das tarifas bancárias no país, segundo o diretor de Política Monetária do Banco Central, Aldo Mendes. Ele destacou que a atuação do BC, a quem caberá a fiscalização e edição de normas desse novo sistema, será pautada pelo estímulo à concorrência, aumento do oferta e redução do custo. “Temos um mercado que está nascendo com normas que estão nascendo juntos”, disse, destacando que isso torna mais fácil para o legislador induzir a concorrência. Com isso, na avaliação dele, ao contrário do sistema bancário, “que existe há séculos”, o BC terá mais condições de “estabelecer um mercado que estimule oferta”. Os novos instrumentos de pagamento têm foco na inclusão de pessoas de menor renda que não tem conta em banco.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave