OSX também deve pedir recuperação judicial ainda hoje

Seria a segunda empresa do grupo EBX a fazer pedido

iG Minas Gerais |

Prejuízo. Recuperação estaria ligada às dívidas da OSX com a construção do estaleiro no porto de Açu
Rio de Janeiro e são paulo. A OSX, empresa de construção naval de Eike Batista, deve pedir recuperação judicial (antiga concordata) ainda hoje, para parte de seus negócios. As dívidas que serão incluídas somam cerca de R$ 2 bilhões, ou 38% do total da dívida da companhia, e são relacionadas à construção do estaleiro no porto de Açu, no Estado do Rio de Janeiro.O pedido deve ser protocolado no Tribunal de Justiça do Rio com solicitação para ser alocado na mesma vara onde está o pedido da OGX, para não correr risco de diferentes juízes darem decisões contraditórias. Assim, o juiz Gilberto Clovis Faria Matos, titular da 4ª Vara Empresarial do TJ, ficaria à frente dos dois processos de recuperação judicial das empresa do grupo X.A ideia é deixar os credores internacionais fora. Assim, empresas com sede no exterior, como a OSX GmbH (empresa de participações sediada na Áustria) ficariam fora. A decisão final depende do acerto com os credores. A empresa OSX-3, por exemplo, tem sede na Holanda. A intenção também é deixá-la de fora do pedido. Foi essa empresa que emitiu US$ 500 milhões em bônus no exterior para construir a OSX-3, que está no campo de Tubarão Martelo, na bacia de Campos.Entrariam na solicitação a OSX Brasil (holding), a OSX Construção Naval (dona do estaleiro no Porto do Açu), a OSX Serviços (responsável pela manutenção de plataformas e embarcações) e a OSX Serviços Gerais (que tem entre outras funções a prestação de fianças e outras garantias relativas a obrigações assumidas pela controladora).EntendaA recuperação judicial, antiga concordata, é uma opção para empresas que estão em crise financeira, mas acreditam ter chances de sobreviver. Depende da aprovação da Justiça e da maioria simples (50% + 1) dos credores da companhia. Se não der certo, a empresa entra em processo de falência.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave