Retorno dos cubanos

iG Minas Gerais |

Os jogadores que atuam fora da seleção entraram em acordo com os dirigentes cubanos e decidiram voltar a defender o país. Tanto no feminino quanto no masculino caiu muito o nível das seleções, e o fato que mais pesou nos últimos tempos foi a não classificação de ambos para as Olimpíadas de Londres Cuba tem tradição no voleibol mundial. Eles vivem ainda com muita dificuldade por causa da política do país e optaram em deixar a seleção e a dedicar somente aos clubes, buscando uma condição de vida melhor para eles e seus familiares. Fenômenos como Leal, Leon, Simon, Herrera, Carrillo, Calderon, dentre outros, vão fazer Cuba retomar seu alto nível no cenário mundial. Ainda não se sabe o que teria sido oferecido para que todos aceitassem a proposta. Era mesmo um pecado ver tantos talentos abrilhantando os campeonatos em todo o mundo e a seleção do próprio país em decadência. O público vai ser beneficiado com mais uma seleção a brigar por pódios e ter a possibilidade novamente de ver a força e o modo particularmente agressivo que, às vezes, chega a ser engraçado com que seus jogadores costumam atuar. Cuba volta a ser a potência que sempre foi. Os adversários que se cuidem, Cuba voltou! Copa dos Campeões . O mundo do voleibol para e os jogadores vão servir suas seleções. Pelo pouco tempo, todas as equipes estão na mesma condição de se acertarem durante a competição. A maioria delas vão desfalcadas de jogadores considerados titulares. Infelizmente, é uma hora imprópria no calendário, que este ano continua confuso e muito conturbado. Taça Paraná . É o maior campeonato de base do voleibol brasileiro, disputado nas categorias mirim, infantil, infanto e juvenil. Este ano apareceu o resultado do trabalho de base do Rio de Janeiro e do Rio Grande do Sul, que lideraram tanto no masculino quanto no feminino na maior parte das categorias. Minas Gerais só aparece com o Juvenil do Sada Cruzeiro. Superliga . Taubaté e Juiz de Fora é o próximo jogo da Superliga. As duas equipes têm dificuldades para colocar em quadra sua melhor formação, por causa de problemas de contusões, documentação de estrangeiros e outros. Este jogo é muito importante, já que ambos estão lutando por uma vaga no play -off.   Com vitória . Com a saturação de seu mercado no Brasil, Joyce foi para a Coreia e está satisfeita com sua escolha. Sua equipe tem uma bela estrutura, e ela brinca que vai retornar tendo como seu melhor fundamento a defesa. Em todas as edições de Superliga, Joyce foi a principal atacante por onde passou, ganhando também prêmio de maior pontuadora da competição. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave