Não há balanço da economia

iG Minas Gerais |

Anunciada em julho pelo governador Antonio Anastasia, a reforma que estabelece mudanças na administração estadual já a partir este ano prevê redução de despesas em torno de R$ 1,1 bilhão. Porém, até o momento, o Executivo não sabe quanto já foi economizado com as ações implementadas em 2013. Segundo a assessoria, o cálculo será feito ao fim deste ano. Uma das maiores ações adotadas foi o bloqueio da nomeação de pessoas em cargos de confiança. Mais de 700 deles já foram cortados, e a previsão é que 20% de todos eles sejam bloqueados até o ano que vem. A economia prevista com esse corte é de R$ 93 milhões por ano, mas quanto já foi poupado não foi calculado. O governo também não informou se as ações mais pontuais previstas por Anastasia, como redução no uso do telefone celular corporativo, proibição de cessão de servidores para órgãos de outros Poderes e de licenças para servidores tratarem interesses particulares, entre outros, estão sendo adotadas no Estado. (IL)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave