Assembleia joga tomate e ovos em vereadores de Rio Acima

De acordo com o presidente da Câmara, grupo de sete realizou o tumulto porque esperavam que fosse debatido as denuncias contra o prefeito

iG Minas Gerais | Fernanda Viegas |

Durante uma reunião da Câmara Municipal de Rio Acima, na região Central de Minas Gerais, na noite dessa quarta-feira (6), sete pessoas jogaram ovos e tomates nos nove vereadores da Casa. O grupo, que estava de cara limpa, também derrubou as cadeiras do plenário. De acordo com o presidente da Casa Legislativa, vereador Ivanildo Adriano da Rocha (PP), o tumulto aconteceu porque não foi debatido o que a assembleia esperava. “Há 15 dias o ex-vereador Agostinho Félix entrou com três denúncias contra o prefeito. Essas pessoas (que causaram o tumulto) acharam que seria votada a cassação ou não do prefeito Antônio César Pires de Miranda (PR), conhecido como Júnior da Geloso”, explicou. Em seu segundo mandato, o presidente contou que nunca tinha visto coisa parecida acontecer. “Chamamos a polícia, mas chegaram meia hora depois, porque estavam com falta de viatura”, detalhou. Toda ação foi filmada por câmeras de segurança da Câmara. As imagens serão enviadas para ajudar a polícia a localizar os suspeitos. O prefeito da cidade é investigado por não ter se desvinculado de suas empresas, depois de assumir cargo público, por ter vendido áreas de preservação ambiental e por ter permitido licença para uma empresa de cosméticos por 25 anos, sem consultar os vereadores.

Leia tudo sobre: Câmara Municipalreuniãoassembleiatumultotomateovoscassaçãoprefeitopresidente da casa