Alfaiataria de luxo lança terno à prova de balas

Peças são feitas com nanotubos de carbono e custam a partir de R$ 45 mil

iG Minas Gerais |

Mark Blinch
Terno feito pela Garrison Bespoke é feito com nanotubos de carbono
Toronto, Canadá. Depois de receber pedidos de clientes de alto perfil que viajam para lugares perigosos a trabalho, a alfaiataria de luxo Garrison Bespoke desenvolveu um terno à prova de balas como uma alternativa mais discreta e elegante do que usar um colete por baixo da vestimenta.O terno é feito com nanotubos de carbono desenvolvidos originalmente para proteger forças especiais norte-americanas no Iraque. O material patenteado é mais fino, mais flexível e 50% mais leve do que o tradicionalmente utilizado em coletes à prova de balas.O traje também protege contra facadas, uma vez que os nanotubos de carbono endurecem o impacto impedindo uma faca de penetrar.Entretanto, o modelo é pouco acessível. O custo do terno à prova de balas da alfaiataria canadense começa em US$ 20 mil (R$ 45 mil) e os trajes são feitos sob encomenda.“Depois de receber pedidos de clientes de alto nível que viajam para lugares perigosos a trabalho, nos propusemos a desenvolver um terno leve e ‘fashion’ à prova de balas como uma alternativa mais discreta e elegante que usar um colete volumoso por baixo”, afirma Michael Nguyen, um dos proprietários da Garrison Bespoke, uma butique de moda masculina de luxo no distrito financeiro de Toronto, que cria roupas personalizadas para seus clientes.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave